13 de dezembro de 2007

Artista - diz que disse

.
(passaporte do keith haring)
.
Enquanto pesquisava sobre a obra do Keith Haring (mencionado noutro post) tropecei nesta pérola!
Pergunta você, indivíduo assaz distraído, que não conseguiu ler a legenda porque a fonte era muito pequena - mas isso aí é o quê?
Ao que eu respondo - aumenta a imagem que vês melhor. ok! é o passaporte do artista.

- mas porque é que puseste isso aqui?
- clica aqui e vais parar a uma página com leilões.
- sério?
- Não!!! É mentira! vais parar a uma página de sexo virtual... (esta mania de duvidar do que se escreve?!...) Claro que sim, né!
- E esta à venda por quanto?
- (ponho aqui o link e ainda querem a papinha toda feita, mas ok, só para não dizerem que eu maltrato os meus leitores...) Pela módica quantia de ... (deixa lá ir ver ao site outra vez, para ser preciso)
- ... $6875 (seis mil oitocentos e setenta e cinco dólares).
- epá! pode ser comprado por algum mexicano que queira passar a fronteira.
- ou então pode ser emoldurado e exposto na parede da sala, ou no hall de entrada, afinal tem a assinatura dele... e também deve ter a digital algures nas outras páginas...
- será que combina com a cor dos sofás!?

5 comentários:

cris disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cris disse...

melhor escrever algo menos pessoal...espero que vc não tenha lido o comentário anterior antes de eu ter deletado :)

bem, fico impressionada com o caráter
mega comercial da arte pós moderna...os preços daquelas obras só sobem...deixando os conceituais de cabelim em pé... e agora isso, um passaporte amassadooooo! daqui uns dias vamos encontrar uma cueca do basquiat por um milhão de doláres!

nicole disse...

oi.
um admirador da obra do dito sr(como me parece ser o caso) poderia gostar de adquirir um simbolo tão privado e unico como o seu Passaporte...
ah!! a questão é o valor?
o que pode ser elevado para alguns, poderá ser simbolico para outros, depende da importancia que se dá ao objecto em causa...

bruno disse...

Ao que consta, o passaporte dele, não faz parte da obra dele! a única coisa que é obra dele, no passaporte, é a assinatura...
Como apreciador do keith, não me importaria nada de ter uma obra dele, um quadro, um desenho, mas o passaporte não me interessaria para nada...
o valor poderia ser 10 euros e continuaria a ser dinheiro deitado à rua...

nicole disse...

Essa é a opinião do Bruno, e, q fique claro, a minha também.
Mas são inumeras as vezes que me deparo com pessoas que ao admirarem o trabalho de alguém, consideram os seus objectos pessoais, verdadeiras preciosidades, por os considerarem unicos.
Já ouvi opiniões contrárias de pessoas que até são bem sensatas... tipo:"esta é uma caneta com q fulano tal assinou na tomada de posse, não tem preço..."; "este é um vestido usado por fulana tal na entrega do prémio y..." ou "este é o BI/passaporte do Sr de tal, só existe este em todo o mundo, é o seu objecto mais pessoal..."
O q é certo é este tipo de items, para admiradores efusivos, VENDEM, ou a oferta não seria tão habitual, nem os preços praticados tão elevados...