19 de março de 2005

sem data

talvez não leias isto hoje.
talvez o faças amanhã, no dia seguinte ou uns dias mais tarde.
quando o fizeres, quero que saibas que vais a tempo.
nunca será tarde, para leres isto.
foste ontem, no dia anterior e em todos os outros,
és hoje, como amanhã o serás...
o melhor que alguém pode ter.
sortudo! sim, sou eu, por seres meu pai.

2 comentários:

cris disse...

Lindo isso. O finalzinho então...acho que quando seu pai ler vai adorar.

bjos e escreve, hein!

Cris.

Anónimo disse...

Pois é.....nem tinha reparado ainda neste post...achei lindo mas tenho a acrescentar que só se consegue ser o melhor pai quando se tem o melhor filho.
bjos do pai que te adora.