17 de dezembro de 2016

a febre que está a contagiar o mundo!

É o futuro que chegou mas já passou.
É o carácter temporário a imperar ao máximo.
É online.
É ao vivo.
É o aqui e agora.
É o Zweite Geist  a substituir o Zeitgeist.
É a febre que já chegou e vai pegar todo o mundo.

O Snapchat, é o facebook do futuro, isso já sabemos. Já? quem sabe sabe, quem não sabe fica a saber, ok?
O Espírito do Tempo, o Zeitgeist, está a ser trocado pelo Espírito do Segundo, o Zweit Geist.
Para quem não sabe, o Snapchat é uma Rede Social em que as pessoas publicam textos, fotos ou vídeos que podem ser vistos apenas uma vez. Aqui está a grande diferença e o aspecto pelo qual tem conquistado os Millenials, as pessoas que nasceram depois do fim do mundo em 2000.
O que significa isto? Pergunta o ávido curioso. Isto significa que há menos pudor e que o que se vê pode, eventualmente, ser mais real e menos sujeito à censura do que a versão photoshop, lambe lambe, das vidas partilhadas no Facebook.
O Snapchat tem conquistado uma legião de gente pelo mundo e agora está a introduzir um produto novo no mercado, os spectacles que são vendidos nos Snapbots.

E perguntam vocês - Mas afinal o que é essa coisa do Snapbot?
O Snapbot faz parte de uma estratégia de marketing que é de tirar o chapéu.
Não me vão ver com isso tão cedo, mas inevitavelmente lá terei uma coisa dessas, quem sabe, a loucura pode chegar a todos.

Sim, sim, tenham lá calma, seus apressadinhos, o snapbot são os pontos de venda dos spectacles que filmam aquilo que estás a ver.
E são vendidos numas máquinas de vendas, iguais aquelas que vendem comida nos hospitais e nos aeroportos e que vendem cigarros nos cafés (em portugal), só que as máquinas são muito mais giras porque vêem na versão Minion inspired.
Parecem mesmo uns minions e é ali que compras os Spectacles.

Não sei quando é que isso chega a Portugal, tão pouco aqui ao Brasil, nem estou ansioso que chegue porque não me vai fazer nem mais nem menos feliz.
Só queria partilhar o vírus aqui, porque sim. Achei a identidade visual dos gajos porreira e a estratégia de marketing melhor ainda.
Eles são cheios de coisinhas, tipo, a caixinha dos óculos é o carregador dos spectacles, abre ao pressionar um botão,  o recibo vem com um arco iris e ainda escreveram uma mensagem em linguagem binária no fim do recibo a dizer "pote de ouro" porque todos sabem que, se conseguirem chegar o fim do arco iris, vão achar um pote ouro, mas é mais uma private do que outra coisa, mas essas privates acabam por se tornar públicas e por tornar a coisa mais trendy.

Agora tende cuidado ao sair à rua porque há por ai muita gente atrás dos pokemons nesta época do ano e todo o cuidado é pouco, nunca se sabe quando é que esses malvados nos podem atacar.

Bom, era só para vos avisar sobre o fim do facibuqui.

Não abanes a cabeça! Não abanes, que a malta da Olivetti também achava que aquelas coisas ligadas aos monitores era passageira e catrapumbas chegaram os pokemons e deram-lhes porrada.

Agora ficai com a versão mais recente do Snapbot. 
(a malta agora tem que fazer as piadas rápido, muito rápido senão ficam démodé)



nota interna:
mais um estrangeirismo e levo um prémio.
bye!