26 de junho de 2009

será...

que ele morreu mesmo?
ainda não acredito e custa-me a assimilar.
Mas a coisa já estava no ar.
Então vejamos.

Há uma semana atrás, alguém me falava de um tal de chris não sei das quantas, um puto novo que dança, e dizia, enquanto o DVD passava no plasma do bar, que ele era o melhor. Eu refutei com um - então e o michael jackson?

Esta segunda-feira, enquanto via o So you think you can dance, programa em que os petizes e as travessas se mexem ao sabor de 1 milhão de dolares, pude perceber que havia alguns dos elementos que estão acima da média, no entanto pensei - é incrivel como nenhum deles consegue superar o míguel e inventar coisas tão inovadoras quanto.

Na terça-feira fui ao clube de vídeo e o MJ dançava no plasma por cima do cesto das promoções, fiquei uns 15 minutos a ver as coreografias dele no concerto do japão e quase comprei o DVD mas decidi comprar depois porque só havia uma da Sade e também o queria mas só tinha dinheiro para um.

Ontem, pela manhã, apaguei os sms todos de um Quiz que andava a receber no telélé e que me habilitaria a a ganhar um bilhete para duas pessoas para o concerto do miguel.

Pela noite, fui a um jantar e no caminho disseram-me que tinham ouvido dizer que o miguel tinha morrido. Já no jantar que um jornalista deu na sua casa, no meio de uma degustação de whisky, não bebi nada, apenas provei com os lábios que, além não poder, também não gosto muito da bebida. Mas, entre uma explicação e outra sobre os diferentes shivas, alguém comunicou que o michael havia morrido, pensei que estava tudo a a ficar doido, ou então o whisky já andava a fazer efeito na mente das pessoas que me rodeavam.
Voltei para casa sem dar muito crédito à informação que um bando de whiskolatras me havia dado.

Hoje, liguei o msn, e tinha lá uma mensagem do meu pai a perguntar-me se eu sabia que o michael jackson tinha morrido.

Regresso ao passado, aos 7 anos o meu pai deu-me um walkman da sony, azul, com os fones laranjas, e duas k7s, uma do miguel e outra da tina, menos de um ano depois, roubaram-me o walkman e, pior, as k7s.

Vou perguntar ao meu pai se ele bebeu whisky ontem ou se quer só roubar-me a esperança de um dia ter uma k7 autografada pelo travesso.

PS1. acho que muito jornalista por esse mundo fora, fez ontem degustação de whisky.

PS2. Para quem nunca viu as travessuras do petiz, aqui fica o vídeo.