5 de novembro de 2008

abrigo

.Projecto: NAP. imagens daqui.

penso-te,
todos os dias,
uma e outra vez,
ontem, hoje e amanhã,
sei-te sempre,
aqui onde estou,
aqui onde estamos...

3 comentários:

RS disse...

Boas!

De vez em quando, passo por aqui. Hoje faço-o para te dar uma péssima notícia: a crise chega a todos e eu não sou excepção. A partir de hoje, vou deixar de oferecer douradinhos do Capitão Iglo. Melhores dias virão! Quando assim for, o primeiro pacote será para Terras de Vera Cruz, está descansado.

Abraço.

Chris disse...

o nosso anjinho,
é uma menininha doce e meiga
ela brinca de pular corda
salta sorrindo alto demais
e a cada salto
é feliz
anjinho de asas grandes
amada, amada demais...
então, de tão amada
virou anjo
brinca aqui e aí...
e ri alto,
feliz
só feliz...

Chris disse...

aprendi que ela está onde nós estivermos... vc aí, eu aqui... mas é o pedacinho nosso que vai estar sempre com a gente, independente de juntos ou não... e o tempo fez aquela dor imensa menor... então, agora ficou só a coisa boa... as andanças com ela pela asa sul, os 3 de mãos dadas entre os blocos, eu revi o hoje o diário que eu desenhei, ficou só aquilo, só o que de feliz havia desenhado ali... foi nossa vidinha com ela, em brasília os 3. Então, acho que vai ser assim com a dor de agora tambem... vai ficar só o bom... o tempo vai curar.